10 Livros Indispensáveis no mundo da moda | Inara - Scuola di moda e creatività

10 Livros Indispensáveis no mundo da moda

 In Dicas

O mundo da moda nos fascina! Ele é cheio de beleza, glamour, atitude e revolução!
Fizemos uma pequena seleção de 10 livros que consideramos literatura básica para quem quer conhecer mais sobre o assunto.

Boa parte dos livros são clássicos da leitura para a moda, e vão além de falar dos grandes nomes da costura e suas realizações em cada período. Aqui temos textos que colocam a moda como reflexo da sociedade, consumo, comportamento, identidade e muito mais! Vale a pena conferir todos!

10 Livros indispensáveis no mundo da moda

 

1. O império do efêmero | Autor: Gilles Lipovetsky

 

Livro de Moda

Esse livro foi publicado em 1987 e continua completo e muito atual. Considero ele a primeira leitura obrigatória para quem quer adentrar ao meio da moda no geral.

O autor desenvolve a ideia de que a moda não é fútil e momentânea como muitos pensam ainda hoje. Ele divide a moda em dois grandes períodos e analisa seu surgimento e o papel dela na sociedade, desde a idade média até os anos 80.

É um livro para estar sempre consultando, sua leitura é bem densa, com muita informação, ele leva a desenvolver uma visão da moda como fenômeno da civilização moderna. Vale a pena, desenvolvemos argumentos mais sólidos para lidar com pessoas mal informadas que consideram a moda apenas efêmera.

 

2. A roupa e moda – uma história concisa  | Autor: James Laver

 

A roupa e a moda

Nesse livro o autor desenvolve toda uma trajetória da moda, desde civilizações antigas até a década de 80, pois ele foi publicado pela primeira vez em 1989.

Ele começa com as civilizações antigas, mesopotâmia, Egito, gregos e romanos até a idade média na Europa. Sempre focando nos materiais e na forma que eram confeccionados as peças, e todo o seu tempo de mudança.

Na idade média surgem mais convivências sociais e a moda toma outra importância, no ponto de vista do autor, elas são ligadas a comportamentos e fatos históricos para justificar seu uso, o social começa a influenciar e muito na moda a partir desse período.

No decorrer do livro, os tempos de mudanças de moda e comportamento vão encurtando, de milênios, séculos, décadas até chegar a apenas anos. Peças com cunho mais social e históricos vão dando lugar a expressão individual do criador ou do usuário, fala da Alta Costura Francesa, o Prêt-à-porter, a moda democrática, das ruas, e o estilo.

É um livro interessante para entender como a moda vem influenciando muito mais do que imaginamos no decorrer da história humana. E conhecer os tecidos e formas usados em cada época.

 

3. História do Vestuário |Autor: Carl Köhler

 

A história do vestuário

Com base em peças que sobreviveram ao tempo, pinturas, estátuas e outros itens mais originais possíveis, o autor desenvolveu a história da moda em cima de exemplos práticos. Publicado em 1993, esse livro traz detalhes de materiais, modelagens e na confecção das peças durante os tempos, desde o antigo Egito até o século 19.

Para quem busca conhecimento mais realista, prático, para figurinos, historiadores, para o cinema, teatro ou quem tem muita curiosidade em saber como as coisas eram feitas antigamente, sem tantos recursos como hoje.

 

 

4. Moda contemporânea, quatro ou cinco conexões possíveis |Autora: Cristiane Mesquita

 

A moda contemporânea

Esse livro, publicado em 2004 pela Anhembi Morumbi, é bem curto, dividido em quatro linhas: subjetividade, tempo e multiplicidade, corpo e realidade. Em cada parte a autora discorre sobre a moda com um foco em especial.

Na parte da subjetividade ela trata a moda como expressão individual, o modo de ser de cada época, como ela cria padrões e os subdivide na individualidade de cada um.

Na parte do tempo e multiplicidade ela mostra que o tempo na moda está cada vez menor, as mudanças e cobranças estão cada vez mais instantâneas, tornando o tempo quase inexistente. Fala da obsolescência, da multiplicidade, do tudo ao mesmo tempo e do agora.

Já na parte do corpo a autora trabalha o corpo como objeto de comunicação, uma ferramenta para a moda. Fala da insatisfação com o corpo e das modificações no mesmo. Discute sobre a beleza através do tempo, e seus padrões.

No último momento a autora fala da realidade e a moda, conectando todas as outras linhas trabalhadas antes. Ela coloca a realidade em cima dos anos 90 (período de publicação do livro), com uma moda individual, pessoal, transgressora, diversa e ao mesmo tempo ideal e desejada por todos.

Veja também: Tendências da moda inverno 2017 com muito brilho

5. Dicionário ilustrado, moda de A à Z | Autor:  Alex newman

 

Dicionário ilustrado moda de A a Z

Como o nome diz, é um dicionário com mais de 2 mil verbetes, trazendo definições claras e atualizadas de vestimentas, acessórios, tecidos, técnicas de costura, processos de confecção e termos típicos da indústria, além de detalhes culturais, históricos e curiosidades de cada termo.

Formando um panorama abrangente da moda desde a Antiguidade até os tempos atuais, é uma ferramenta útil e de fácil consulta, essencial para todos aqueles que desejam conhecer mais de perto o universo fashion, e com desenhos lindos para fixar mais ainda a informação.

 

6. Marketing e moda |Autor: Marcos Cobra

 

Marketing e moda

Neste livro, o professor Marcos Cobra discorre sobre a relação entre moda e marketing, auxiliando tanto estudantes como profissionais envolvidos nesse mercado a compreender a forma como a moda estimula o consumo de determinados produtos e o processo que eles demandam, desde sua criação até a venda ao consumidor.

O autor nos oferece ainda os resultados de uma pesquisa de mercado feita com jovens de 15 a 25 anos que verifica a influência da marca na escolha de calça jeans feminina e, a partir desse modelo, procura estabelecer critérios que permitam extrapolar esse conhecimento para outros setores de atividades.

Há ainda um artigo de Sylvia Demetresco sobre visual merchandising.

 

7. Fashion Design: manual do estilista |Autora:  Sue Jenkyn Jones

 

Fashion design manual do estilista

Esse livro, como o nome diz, é um manual. Ele oferece processos, bases e ferramentas para a função principal do estilista, criação e desenvolvimento de coleção. Serve como um orientador no desenvolver uma coleção, oportunidades de carreiras, escolha de tecidos, técnicas de desenho, confecção, portfólio, economia, marketing.

Realmente uma base de vários conhecimentos que o estilista tem que ter para atuar no mercado. Ele traz dicas de mercado, tendências, comportamento do consumidor, novas tecnologias, foi publicado em 2005 e é bem atual. Além de informações sobre estilistas bem interessantes do momento.

Vale a pena conferir, re-conferir, olhar de novo, é um livro para ter e sempre folhear.

 

8. Glamour |Autora: Diane Vreeland

 

Livro Glamour diane vreeland

Diana Vreeland, com mais de 25 anos de editora na Harper’s Bazaar e quase 10 anos na Vogue, aceitou o desafio de Jackie Kennedy Onassis, então editora da Doubleday para reunir em um único lugar imagens, impressões e tudo o que representasse “Glamour”, com dicas e comentários de estilo e moda.

A autora selecionou fotos de paparazzi, de editoriais de moda e de pessoas comuns para escrever suas observações e anotações sobre o que é estilo e elegância.

Com prefácio de Marc Jacobs, o livro é tão elegante, visualmente lindo e impecável quanto se poderia esperar da mulher que ajudou a ditar a moda do século passado.

 

9. A moda imita a vida – como construir uma marca de moda |Autor: André Carvalhal

 

A moda imita a vida como construir uma marca

O autor divide o livro em três partes, e explica como uma marca de moda é parecida com nossas vidas. Ele coloca que a marca é um organismo vivo, tem identidade e personalidade, um DNA, o que lhe confere significado. E ele coloca ela no momento que ela é concebida até seu desenvolvimento e amadurecimento.

Na primeira parte o autor discorre sobre o tema “quem somos” com foco na construção da marca;
Na segunda parte “ onde estamos” com foco no nosso lugar no mundo, relações com outras pessoas;
E por fim a terceira parte “ para onde vamos” o autor aborda como manter uma marca viva, prevendo o futuro da mesma, estratégias para chegar e se manter no lugar desejado

 

10. O livro negro do estilo |Autora: Nina Garcia

 

O livro negro do estilo

Logo no primeiro capítulo, Nina Garcia “joga a real” sobre como uma mulher linda e cheia de estilo pode ser a sua própria musa! A autora prega aquilo que nós já estamos cansados de saber, mas que, às vezes, achamos tão difícil de por em prática: ficar de bem com nossa aparência.

Nina mostra em seu livro que estilo não tem nada a ver com marca e apresenta dicas para escolher roupas que expressam personalidade, explicando como combinar texturas e cores para ficar deslumbrante em qualquer ocasião.

O livro é delicioso de ler, pois é todo permeado por citações inspiradoras. É daqueles que se lê de uma vez, sem perceber.

Recent Posts

Leave a Comment