fbpx

Como escolher a agulha certa para máquina de costura

 em Corte & Costura, Dicas, Sem categoria

Você já tentou costurar sem a agulha certa? As chances de você estragar o tecido, se estressar e o trabalho ficar horrível são enormes. Mas como escolher a agulha certa? Agulha não é tudo igual, e é sobre isso que vamos falar hoje!

Primeiro temos que entender e nomear as partes da agulha. Ela é pequena mas tem até que bastante partes.

nome das partes da agulha

Partes da agulha:

CABO: é a parte superior da agulha; onde será presa nas máquinas. Normalmente possui um diâmetro maior que o resto da agulha devido à exigência de resistência.

HASTE: é a parte que liga o tronco ao olho ou buraco da agulha, local de maior atrito devido ao intenso contato com tecido. Em máquinas de alta velocidade a parte superior é mais larga para dar maior resistência e reduzir o atrito durante a saída da agulha do tecido.

BURACO OU OLHO: está situado imediatamente acima da ponta; é a parte onde a linha é enfiada, devendo passar livremente, mas sem folga.

PONTA: é a parte que penetra no tecido, formando a costura; sua seleção é de extrema importância, por isso há vários tipos de ponta apropriada para cada material a ser costurado.

CANALETA: é uma ranhura que há em um dos lados do tronco, para facilitar o desdize e a proteção da linha durante a penetração da agulha no tecido, sendo, portanto, o lado pelo qual a linha deve ser enfiada. A profundidade do canal deve estar de acordo com o diâmetro da linha. Esse elemento é um fator vital para as costuras de alta velocidade, pois reduzem o número de quebras de linha.

CAVA OU CHANFRO: encontra-se no lado oposto a ranhura grande e acima do buraco da agulha, tem por objetivo permitir a afinação da lançadeira para trabalhar mais perto da agulha de modo a assegurar que a lançadeira entre com maior facilidade na laçada.

Escolhendo a agulha:

Agora que conhecemos as partes da agulha, temos que saber como usar essa informação a nosso favor!

O cabo, como vimos é o que vai prender a agulha na máquina. O comprimento e a largura dele podem variar conforme o uso a que se destina a agulha. Por isso sempre se certifique que está usando a agulha certa. Se o cabo for mais comprido do que sua agulha aceita, ele não terá o encaixe perfeito na máquina e não irá costurar. É no cabo que ficam as informações gravadas na máquina, como comprimento e tamanho.

A haste também muda conforme o modelo de agulha. Ela interfere no comprimento total da agulha. Por exemplo agulhas usadas em máquina overloque é mais curta que a máquina doméstica. Assim como a agulha para galoneira é mais longa. Usar o comprimento errado pode estragar tanto a agulha quanto a sua máquina. A grossura da haste também muda conforme o tipo de projeto que vai ser usada. Ela fica mais fino ou mais grossa.

O olho da agulha não muda muito. Ele fica maior ou menor conforme a grossura da haste da agulha. Consequentemente em uma agulha mais fina fica mais difícil de passar a linha pois o buraco é menor. Por isso devemos também buscar usar linhas mais finas nesses casos. A linha não pode ficar tensionada no buraco da agulha.

A ponta é muito importante para a costura. Existem 5 tipos de pontas, mas no geral usamos 3 tipos principais. Cada tipo de ponta deve ser usada em determinada situação. A mudança de ponta não é possível notar a olho nu ou ao toque. Por isso devemos prestar atenção na hora da compra e conferir algumas informações gravadas na própria agulha.

Para conhecer mais sobre as pontas das agulhas e a relação entre agulha e linha confira esse PDF que preparei para você!

A ponta universal (modelo 2020) é a mais usada. Ela funciona no geral com quase todos os tecidos. A ponta bola é a agulha de malha (modelo 2045). Sua ponta é abaulada, o que evita puxar e arrebentar fio durante a costura. Indicada para tecidos finos e malhas. Sua identificação é por conta de seu cabo amarelo. Já a ponta lança (modelo 6759) é usada para materiais bem mais grossos. Ela tem uma espécie de faca na sua ponta, para atravessar os tecidos com mais facilidade. Ela deixa muita marca no tecido, pois corta ele. Não é indicado ficar refazendo suas costuras com ela. Esse tipo de ponta já é possível identificar a olho nu.

A canaleta e a cava são elementos para o bom funcionamento da agulha na máquina. Otimizando as costuras, reduzindo atritos e erros. Elas devem ser posicionadas corretamente na máquina. Coma canaleta para frente e a cava para trás. Serve para indicar como a agulha deve ser colocada na máquina. Caso isso não seja respeitado sua máquina não irá costurar. Ela pode ficar empurrando a agulha durante a costura, quebrar a agulha, a linha, embolar a costura e vários outros defeitos.

Se você tem tido problemas com a agulha da máquina confere esse post aonde ajudo a resolver alguns deles. Confere também os comentários, tem várias respostas legais!

Pode parecer bobagem tudo isso que estamos falando. Mas conhecendo bem a agulha dificilmente você terá problemas com ela no futuro, pois você saberá como usar corretamente cada agulha para cada costura.

Então antes de se iniciar a costura, deve-se definir:

1. Qual material será costurado;
2. Modelo da agulha a ser utilizada;
3. Diâmetro da agulha conforme espessura do material;
4. Espessura da linha a ser utilizada

Se você está começando a costurar e está precisando de ajuda, eu tenho um curso de corte e costura e modelagem sob medida. Para você melhorar ainda mais seus trabalhos e se diferenciar no mercado.

Não deixe de acompanhar também nossas redes sociais, Facebook, Instagram e Pinterest, e nosso Canal no Youtube. Aonde semanalmente trazemos conteúdo novo para você!

Postagens Recomendadas

Deixe um Comentário

0
linha na agulha da maquina de costura