fbpx

Retalhos de tecido: transforme-os em roupas

 em Corte & Costura, Dicas, Estilo

Esse post é para quem quer saber como aproveitar melhor os retalhos de tecido na costura de roupas, não de artesanato.

Sempre que vamos cortar e costurar uma roupa, dói o coração ver aquelas sobras, pensando “que desperdício!”. Quem costura roupas tem uma relação diferente com a costura e com os tecidos em comparação com quem faz artesanato.

A primeira diferença é no tipo de retalho. Retalhos de costura costumam ser maiores, mas não demais, com vários formatos e grande parte em faixas nas mais diversas larguras. Retalhos de artesanato são menores, geralmente retangulares, de certa forma mais padronizado.

Para quem faz artesanato é fácil pensar em milhares de projetos com retalhos, e a internet está ai para nos ajudar. Mas quem costura roupas, geralmente, não tem a paciência de quem faz artesanato. Só de pensar em juntar, medir, costurar a mão pequeninos pedaços de tecidos para juntar em algo diferente já cansa.

Existem vários nomes modernos para reaproveitar retalhos. Isso tem se tornado uma moda e tendência de consumo. Alguns nichos de pessoas preferem comprar peças que são feitas de retalhos. Elas reconhecem que sua marca ou ateliê, além de estilo e personalidade, está preocupada com o descarte de material no ambiente, está preocupada com o meio ambiente. Essas pessoas estão preparadas para valorizar esse tipo de atitude e até pagar mais por isso.

Se você quer diferenciar seu ateliê ou até mesmo montar um, dá uma olhada nesse post.

Quando falamos em aproveitar retalhos em roupas, temos uma solução simples, prática e muito versátil: RECORTES. Eu lembro que desde criança minha avó aproveitava os retalhos das roupas das clientes para fazer roupas para seus netos, algo que ela dizia que fazia antes já para seus filhos. Era questão de sobrevivência, já que antigamente tecidos eram caros, principalmente no interior.


DICA 1: ORGANIZE SEUS RETALHOS

Separe seus retalhos em categorias. Pode dividir por tamanho, tipo de tecido, cores, estampas. O que for mais lógico para você. E o que for possível no espaço que você tem disponível.

DICA 2: IDENTIFIQUE OS TECIDOS

Depois de organizar e identificar os retalhos que você tem. Chegou a hora de combinar. Nem todos os tecidos combinam entre si. Por questões de peso, caimento, comportamento, elasticidade. Por isso é importante verificar quais tecidos combinam entre si. Faça pequenos grupos para poder trabalhar depois.

Para conhecer mais sobre tecidos confira nesse post

DICA 3: COMBINE ESTAMPAS E CORES

Agora que já separamos os tecidos em grupos de tamanhos. Separamos os que combinam pelo comportamento do tecido, Chegou a hora de criar grupos de estampas e cores que combinem.

É importante escolher os tecidos antes de determinar o modelos da roupa, pois os retalhos é que vão indicar qual o melhor modelo que se pode conseguir com aqueles pedaços.

DICA 4: DEFINA O MODELO

Como acabamos de falar, são os retalhos que vão determinar o modelo a ser feito. Você pode escolher o tipo que roupa que você deseja. Se é ima regata, blusa com manga, sem manga, longa, infantil, masculina, feminina, etc.

Com o modelo base, você vai olhar para os retalhos e ver como combinar aquelas partes criando retalhos sobre a base do modelo. De certa forma você vai criar uma estampa geométrica com os recortes do tecido.

DICA 5: UTILIZE AVIAMENTOS

Essa dica serve em qualquer etapa da criação com retalhos. Aproveite e use também retalhos com rendas, fitas, passamanarias, tules. O que você tiver, pois esses elementos também vão sobrando e virando retalhos em nossas coisas. Você pode pegar um tecido que sobrou várias faixas, que não dá para fazer uma blusa, mas adicionar outras faixas de faixa de renda e criar um modelo muito bonito. Use os aviamentos a seu favor.

retalhos com renda

DICA 6: USE SUA CRIATIVIDADE

Esse tipo de trabalho é um pouco mais fora da sequencia que estamos acostumados quando falamos em costurar roupas. Ele não é tão rápido, pois exige que você pense e escolha todos os detalhes. Mas o resultado final vale a pena. Você vai ter uma roupa única e com muito estilo. E mais importante você está exercitando sua criatividade, criando soluções (peças novas) para um problema (retalhos de tecido).

Pode manter no básico e trabalhar com color block, com tecidos lisos. Ou ousar e misturar estampas das mais variadas. Existem algumas dicas para misturar estampas. Mas isso fica para um próximo post.

Agora que já conferiu as dicas, vamos colocar a mão na massa?

Se você gostou dessas dicas ou referências de imagens não deixe de nos seguir nas redes sociais, Facebook, Instagram e Pinterest. Temos também nosso canal do Youtube sempre com videos novos e muitas dicas! Se inscreva no nosso canal para não perder nenhuma novidade.

Postagens Recomendadas
Comentários
  • Rita Ataide
    Responder

    Linda blusa com retalhos bem combinados.

Deixe um Comentário

0
carnaval